Portal de Indaiatuba

Quarta-feira, 24 de Julho de 2024
Rádio Jornal
Rádio Jornal

Notícias Economia

Gastos com o automóvel é a segunda maior despesa do orçamento familiar brasileiro

9 em cada 10 brasileiros já sofreram com algum custo inesperado relacionado ao uso do automóvel.

Gastos com o automóvel é a segunda maior despesa do orçamento familiar brasileiro
Motoristas: 31% admitem gastar mais com o veículo do que o planejado e 62% têm uma reserva de emergência para lidar com surpresas na manutenção
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Para avaliar o peso dos automóveis dentro do orçamento familiar, a Serasa realizou a segunda edição da pesquisa A Relação do Brasileiro com o Automóvel. Produzido em parceria com o Instituto Opinion Box, o estudo constatou que somente os gastos com a alimentação (69%) superam o impacto dos veículos no bolso do motorista e das famílias.

De acordo com a pesquisa, que ouviu 2.023 entrevistados em dezembro, 67% dos lares brasileiros têm os custos com o automóvel entre os três maiores gastos anuais. Os custos com os veículos ficam atrás apenas da alimentação (69%) e figuram à frente das despesas com as contas básicas, como água, luz e gás (62%).

Entre as funções mais usuais do automóvel para os brasileiros estão as compras e tarefas diárias (77%), passeios em fins de semana (76%) e locomoção para trabalho ou local de estudo (64%). Em relação à primeira edição, chama atenção o crescimento de 7 pontos percentuais no uso do carro para viagens de turismo (49%).

Entretanto, a organização financeira relacionada aos custos do carro ainda aparece como uma questão de conflito aos motoristas: 31% admitem gastar mais com o veículo do que o planejado inicialmente, 92% já sofreram com algum custo inesperado relacionado ao uso do automóvel e 62% têm uma reserva de emergência – entre as despesas emergenciais mais comuns são relacionadas a troca ou conserto de pneu (51%), consertos mecânicos (48%) e revisão por quilometragem (35%).

"Estabelecer um acompanhamento de gastos e manter uma reserva de emergência são hábitos essenciais para lidar com contratempos", avisa Ana Carolina Ribeiro, coordenadora da Serasa. "Uma dica é anotar todos os custos fixos, definindo um orçamento específico para o carro ao longo do ano, e guardar uma parte para os i previstos. Além de economizar para planos futuros, ainda é possível ter mais tranquilidade para cobrir gastos emergenciais".

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!