Portal de Indaiatuba

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
Rádio Jornal
Rádio Jornal

Notícias Região

União de empresas com municípios pode triplicar cooperativas de reciclagem na região

Consimares e Ambipar Viraser apresentam estratégias inovadoras para fortalecer a cadeia de reaproveitamento de resíduos

União de empresas com municípios pode triplicar cooperativas de reciclagem na região
O prefeito de Elias Fausto Maurício Baroni, que também preside o Consimares, esteve presente no evento.
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Empresas e municípios do território Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas) conheceram, nesta terça-feira (15), em Nova Odessa, estratégias inovadoras para fortalecer a cadeia de reciclagem e ampliar os índices de recuperação de embalagens pós-consumo em parceria com cooperativas. As soluções foram apresentadas durante o evento “Recicla Junto Consimares e Ambipar Viraser”, que reuniu mais de 200 pessoas no auditório da Ambipar Group. Se colocada em prática, a proposta vai elevar de três para nove o número de cooperativas no território, num prazo de 18 meses. Para isso, serão necessários investimentos compartilhados de R$ 2,4 milhões, uma média de R$ 350 mil para cada um dos sete municípios que compõem o Consórcio.

As cidades participantes contarão com toda a expertise técnica da Ambipar Viraser, referência nacional na estruturação da cadeia de reciclagem através de um modelo inovador de logística reversa de embalagens em parceria com cooperativas e associações. O plano de trabalho inclui desde a criação do marco regulatório da coleta seletiva, passando pelo processo de formalização das cooperativas, implantação do galpão de triagem, instalação de equipamentos, até o treinamento dos profissionais da reciclagem para uma autogestão profissional e sustentável. O trabalho é realizado em três etapas até a cooperativa alcançar o status de franquia social, modelo de gestão já adotado pela Cooperativa Juntos Somos Fortes, que é sucesso em Santa Bárbara d´Oeste.

A solução apresentada é resultado do estudo técnico que identificou o potencial de reciclagem de resíduos nas cidades do Consimares, realizado após assinatura do acordo de cooperação técnica entre o Consórcio e a Ambipar Viraser, em maio deste ano. A parceria tem o objetivo de implantar ou expandir a coleta seletiva de recicláveis e acelerar a economia circular na região para que os municípios consigam avançar nas metas do Plano Intermunicipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PIGIRS), que segue as diretrizes do Plano Nacional de Resíduos Sólidos (Planares).

O trabalho envolve as sete cidades do Consimares: Capivari, Elias Fausto, Hortolândia, Monte Mor, Nova Odessa, Santa Bárbara d´Oeste e Sumaré.  O território tem quase 1 milhão de habitantes e produz cerca de 700 toneladas de resíduos, a maior parte levada para os aterros sanitários. Quatro cidades do território ainda não possuem coleta seletiva: Capivari, Elias Fausto, Monte Mor e Sumaré. A sugestão da Ambipar Viraser é que seja implantada uma cooperativa em cada uma dessas cidades, denominadas cooperativas sementes, que são a base para se tornar uma franquia social.

Hortolândia, Nova Odessa e Santa Bárbara d´Oeste, que já possuem o serviço de coleta seletiva com o apoio de cooperativas, passariam a contar com mais unidade de cooperativa semente, cada, totalizando nove em todo o território. Atualmente, a região Consimares conta com três cooperativas, além da franquia social Ambipar Viraser em Santa Bárbara d´Oeste.

“Para o projeto ter sucesso é preciso a união de todos: municípios, empresas e sociedade em geral. Essa união é fundamental. Com o know-how da Ambipar Viraser vamos colocar em prática os projetos do Consimares para ampliar e acelerar a recuperação de recicláveis nos municípios, de modo profissional e humanizado, um trabalho que já faz a diferença na vida das pessoas no município de Santa Bárbara d´Oeste e que queremos replicar nas outras cidades”, destacou o presidente do Consimares, Maurício Baroni.

Segundo a Ambipar Viraser, terão prioridade para iniciar o projeto os municípios que já possuem o marco regulatório da coleta seletiva, caminhões exclusivos para a coleta dos recicláveis e galpão adequado para instalação da central de triagem, obrigação das Prefeituras. Também fazem parte da contrapartida dos municípios e do Consórcio ações de educação ambiental, integração das secretarias de governo ao projeto, além da divulgação nos meios de comunicação locais.

“Alavancar os índices de reciclagem com inclusão social de todo o território é mais que uma entrega, é uma missão de quem quer um mundo melhor. Mas não se faz isso sem fortalecer os profissionais da reciclagem, profissionalizando-os. Tem que pensar em território de modo integrado: empresas, consórcios públicos, sociedade. Por isso, as parcerias estratégicas são muito importantes para o desenvolvimento de um território circular e sustentável”, observou Maíra Pereira, diretora de Relações Institucionais da Ambipar ViraSer, na abertura do evento.

Realizado no auditório da sede da Ambipar Group, o evento reuniu empresas, prefeitos, vereadores, secretários municipais e representantes do Ministério Público. O diretor de sustentabilidade do Grupo Ambipar, Rafael Tello, abriu o encontro. “Precisamos cuidar da região onde estamos inseridos. A filosofia da Ambipar é de que só deve ir para o aterro aquele resíduo que não tem solução de reaproveitamento. Temos um centro que pesquisa como transformar resíduos pós-consumo em novos produtos”, afirmou Tello.

LOGÍSTICA REVERSA

Para o superintendente do Consimares, Mimo Ravagnani, o projeto de criação de um território circular é uma oportunidade para as empresas avançarem nas ações de logística reversa, dando um destino correto aos resíduos que produzem, com inclusão social.

“Em 2010, quando foi implantada a Política Nacional de Resíduos Sólidos, 2% dos resíduos produzidos no Brasil eram reaproveitados. Hoje, 13 anos depois, são 2,2%. Pelo menos 30% dos resíduos que chegam aos aterros têm potencial de reciclagem. Então, é preciso a união de todos para avançar e mudar essa realidade”, comentou o superintendente.

De acordo com a Ambipar Viraser, o trabalho proposto no território Consimares se conecta com a agenda ESG, que reúne as boas práticas e políticas que as empresas podem adotar para produzir de modo sustentável. Assim, os indicadores do projeto podem ser utilizados nos relatórios de sustentabilidade da corporação. As empresas interessadas em ser parceiras dos empreendimentos sociais podem entrar em contato com a equipe da Ambipar Viraser pelos telefones (19) 99299-3226 ou (19)97123-1377.

O prefeito de Capivari, Vitor Riccomini, saiu entusiasmado do evento e já anunciou que vai implantar a coleta seletiva de resíduos no município, com apoio de cooperativa. “Estamos empolgados com essa parceria com a Ambipar Viraser que é muito importante para os municípios avançarem na coleta seletiva com geração de trabalho e renda. Além de ajudar a prevenir o meio ambiente, essa iniciativa também fortalece nosso compromisso com práticas mais responsáveis e conscientes. Estamos orgulhosos em anunciar um novo passo em direção a um futuro mais sustentável para Capivari”, comemorou o prefeito.

 

EXPERIÊNCIA JÁ É SUCESSO EM SANTA BÁRBARA D´OESTE

Durante o evento, os convidados puderam conhecer a experiência da Cooperativa Juntos Somos Fortes, localizada no município de Santa Bárbara d´Oeste, um caso de sucesso do modelo de gestão implantado pela Ambipar Viraser. Criada em 2016, hoje a cooperativa é uma franquia social que gera trabalho e renda, principalmente, para mulheres.

“Começamos com oito pessoas. Agora são 30.  A gente vem trabalhando a reciclagem com inclusão social de mulheres que são arrimo de família. Hoje, a cooperativa é um local de aconchego para as famílias alcançarem sua dignidade, ter sua renda, se profissionalizarem, pagar suas contas e ter autonomia como ser humano”, valorizou a presidente da cooperativa, Elisabeth Maria de Lima Matos.

Antonio Carlos Vianna de Barros, fundador da cooperativa, valoriza o apoio técnico da Ambipar Viraser para o fortalecimento da Juntos Somos Fortes. “A Ambipar Viraser é um bilhete premiado que recebemos no nosso caminho. Com eles, aprendemos a ser gestor do nosso próprio negócio, nos profissionalizamos, temos noção de logística, sabemos armazenar o material que chega. Crescemos, e muito. As pessoas chegam na cooperativa e encontram o pátio limpo, organizado, com profissionais uniformizados. Não somos coitadinhos, somos uma empresa”, ressaltou Barros.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente da Prefeitura de Santa Bárbara d´Oeste, Cleber Canteiro, agora o município é um ponto fora da curva quando o assunto é reciclagem de resíduos. “Pelo menos 14% dos resíduos produzidos na nossa cidade são reaproveitados, um patamar bem acima dos 2,2% em nível de Brasil, graças à parceria com as cooperativas que fazem a coleta seletiva e prestam um serviço ambiental para a cidade”, assinalou Canteiro.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!