Portal de Indaiatuba

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
Rádio Jornal
Rádio Jornal

Notícias Saúde

CISM inicia capacitação de profissionais da rede básica de saúde em Jaguariúna

Curso tem por objetivo tornar o diagnóstico da população mais ágil e efetivo

CISM inicia capacitação de profissionais da rede básica de saúde em Jaguariúna
Capacitação contará ainda com a coordenação do médico psiquiatra Dr. Arthur Caye
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Centro de Pesquisa e Inovação em Saúde Mental (CISM), projeto desenvolvido em parceria com o Grupo UniEduK e instituições públicas de ensino superior, iniciará a partir desta terça-feira (12) a capacitação de profissionais da rede pública de saúde básica de Jaguariúna/SP. O objetivo da ação é tornar o diagnóstico mais ágil e assertivo de pessoas que sofrem com problemas relacionados à saúde mental.

A capacitação ocorre durante três meses, com encontros online e presenciais, para profissionais de ensinos médio e superior da rede municipal de saúde.

“O objetivo do curso é capacitar os profissionais da atenção primária do município a identificar, acolher e atender aos transtornos mentais comuns, refinando o olhar para entender quais pacientes podem ficar em assistência na atenção primária e quais necessitarão de profissionais especialistas em saúde mental. Dessa forma, a capacitação é uma parte de intervenção que visa organizar, definir fluxos e linhas de cuidado de modo a qualificar a assistência em todos os níveis de atenção”, salienta a coordenadora do curso, a médica psiquiatra Dra. Fernanda Lucia Capitanio Baeza, que é doutora em Psiquiatria e Ciência do Comportamento.

A capacitação contará ainda com a coordenação do médico psiquiatra Dr. Arthur Caye, pós-doutorado em Psiquiatria e considerado o 3º maior expert em Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) da América Latina, segundo o ranking internacional independente Expertscape.

“Esta capacitação é fundamental para a rede de atenção básica, contribuindo para a diminuição da fila de espera de consultas psiquiátricas, de forma que o atendimento do especialista seja mais profícuo e proporcione até mesmo o atendimento de casos vindos de outros municípios”, salienta o Dr. André Pinto Lemos de Faria, coordenador do curso de Medicina do Centro Universitário de Jaguariúna (UniFAJ), do Grupo UniEduK.  

A atividade contará com quatro módulos e discorrerá sobre os temas infância e adolescência; adulto e idoso; mulheres em pariparto (gestação, parto e puerpério); e aspectos gerais. A eficácia da capacitação será medida a partir de pré-teste e pós-teste promovidos com os profissionais.

"Estamos muito felizes com o Projeto CISM, pois fomos atendidos em nossa necessidade e solicitação com a capacitação de nossa rede básica, porque compreendemos a importância do papel desempenhado pela atenção básica no cuidado em saúde mental e na construção de um modelo de assistência em saúde mental efetivo, que entendemos ser possível começando pela base. E, dentro da reestruturação de nossa Rede de Atenção Psicossocial, pós pandemia, essa é uma pauta importante a ser alicerçada, através dessa capacitação a qual foi pensada, discutida e construída em conjunto para a realidade de nosso Município", destaca a secretária municipal de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão.

O que é o CISM?

A capacitação de profissionais da saúde básica de Jaguariúna é uma iniciativa do CISM, programa que tem como objetivo avançar o conhecimento sobre as condições de saúde mental no Estado de São Paulo e regiões periféricas por meio da introdução de intervenções inovadoras e tecnológicos, que visam melhorar o bem-estar dessas comunidades.

O programa vem sendo desenvolvido na rede pública de saúde com as secretarias Municipais de Saúde de Indaiatuba e Jaguariúna, numa parceria com: Grupo UniEduK, representado pelo Centro Universitário Max Planck (UniMAX) e o Centro Universitário de Jaguariúna (UniFAJ); Universidade de São Paulo (USP); Universidade Federal de São Paulo (Unifesp); Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp); Universidade de Yale; Universidade de Harvard; Universidade do Minho; Instituto Karolinska; além da iniciativa privada por meio do Banco Industrial do Brasil.

 

FONTE/CRÉDITOS: Crédito da imagem: Igor Carreira/Grupo UniEduK
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!