Portal de Indaiatuba

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
Rádio Jornal
Rádio Jornal

Notícias Região

Consimares inaugura em Hortolândia Usina Móvel que ajudará municípios a reciclar entulhos

Maurício Baroni é presidente do consórcio e destacou a importância da Usina nas ações do Consórcio

Consimares inaugura em Hortolândia Usina Móvel que ajudará municípios a reciclar entulhos
Equipamento volante tem capacidade para triturar até 100 toneladas/dia de resíduos da construção civil
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Agora, a região do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas) poderá reaproveitar boa parte dos resíduos da construção civil gerados pelos municípios. O Consórcio inaugurou, nesta terça-feira (11/06), a Usina Móvel de Tratamento e Recuperação de RCC (Resíduos da Construção Civil), que está em fase final de teste em Hortolândia, primeira cidade a utilizar a estrutura volante. Sete cidades formam o Consórcio: Capivari, Elias Fausto, Hortolândia, Monte Mor, Nova Odessa, Santa Bárbara d´Oeste e Sumaré, onde moram cerca de 1 milhão de pessoas. Juntos, esses municípios geram 1.470 toneladas de entulho por mês.

Novidade na RMC, a estrutura da Usina de RCC é composta por um caminhão conjugado a um equipamento móvel, de 10 metros de comprimento, que tritura restos da construção civil a exemplo de tijolos, concreto, telhas, azulejo, blocos cerâmicos, dentre outros. Tem capacidade para moer até 100 toneladas de entulho por hora. A Usina funcionará em sistema de rodízio entre as sete cidades consorciadas. O critério para utilizar o equipamento é ter licença ambiental emitida pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), além de local com portaria para o funcionamento. Em Hortolândia, a carreta está instalada numa área no Parque Peron, onde funciona, também, a Central de Triagem de Resíduos.

Após o processo de reciclagem, os resíduos de RCC são transformados em pedriscos e podem ser reutilizados na manutenção e recuperação de estradas rurais, na fabricação de passeios de praças, prédios públicos e pátios de escolas.  Além disso, a Usina Móvel também conta com um separador magnético, que agrega materiais como ferro, pregos e outros metais, para que eles possam ter outros destinos, como ser encaminhados e vendidos para cooperativas de reciclagem.

Outro diferencial é que as laterais da carreta podem ser transformadas em tela de cinema, para exibição de filmes e oficinas de educação ambiental com estudantes da rede pública de ensino.

O presidente do Consimares, Maurício Baroni, destacou que a Usina de RCC significa um avanço importante nas ações do Consórcio, fundado há 15 anos. “Quando assumi a presidência do Consimares, três anos e meio atrás, eu pedi à minha equipe que a gente colocasse em prática projetos que estavam no papel. A Usina de RCC era um desses projetos que, agora, temos a alegria de colocar para funcionar aqui em Hortolândia, município que está sempre a frente...”, disse o presidente do Consimares.

“Agora, vamos reciclar esses resíduos da construção civil, muitas vezes descartados de modo irregular, e transformá-los em um material que pode ser utilizado novamente em estradas rurais, sub-base para asfalto, tapa-buraco, dentre outros”, completou Baroni.

O presidente do Consimares destacou, também, que o equipamento é uma conquista do Consórcio junto ao governo do Estado, que investiu R$ 3,5 milhões na usina, por meio do Fecop (Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição), e valorizou parcerias. “Quero agradecer ao governo do Estado de São Paulo, gestão do Rodrigo Garcia, por esse equipamento, e a todos (prefeitos, vereadores, secretários, técnicos) que ajudaram a fazer virar realidade essa usina de trituração de entulhos. Um equipamento que vai ser utilizado nos sete municípios em sistema de rodízio”, ressaltou.

Baroni assinalou, ainda, que a Usina Móvel de RCC é uma das ações do Programa Recicla Junto Consimares que prevê, também, a ampliação da coleta seletiva por meio de cooperativas de reciclagem, o reaproveitamento de resíduos orgânicos, por meio do projeto de compostagem, além da implantação da central de tratamento que transformará “lixo” não-reciclável em energia limpa.

MÃO QUE ABRAÇA

Para o prefeito Hortolândia, Zezé Gomes, o início de funcionamento da Usina de RCC é mais um passo importante do Consimares para auxiliar os municípios no descarte correto, destinação final e reaproveitamento de resíduos. “A limpeza pública de uma cidade é o coração de tudo. Todo lixo produzido tem que ter o seu destino. É muito preocupante e o grande gargalo que os municípios enfrentam... Essa questão ambiental a gente não consegue resolver sozinho. Temos que cuidar em parceria. E o Consimares é essa mão que consegue abraçar as demais cidades e ajuda na questão ambiental”, valorizou o prefeito.

Em Hortolândia, a Prefeitura disponibiliza à população 13 PEVs (Ponto de Entrega Voluntária de Resíduos Recicláveis) onde podem ser descartados entulhos da construção civil até 1 metro cúbico por pessoa, que equivale a 1.300 kg. O volume corresponde a 26 sacos de ráfia de 50 kg cada. Para quantidades superiores, o morador precisa contratar um caçambeiro. Com o início de operação da Usina, os entulhos descartados nesses ecopontos serão reciclados lá.

De acordo com o superintendente do Consimares, Mimo Ravagnani, o setor da construção civil tem expressiva participação na taxa de geração de resíduos urbanos. A reciclagem, observa, é uma das saídas para reduzir o volume que chega aos aterros e, assim, causar menos impacto negativo ao meio ambiente.

“Para isso é preciso que haja um sistema de recolhimento e valorização desse tipo de resíduo adequado nos municípios, além da conscientização ambiental dos moradores para o descarte correto. A Usina Móvel de RCC será um facilitador que o Consimares disponibiliza aos municípios consorciados que tiverem licença ambiental e espaço adequado. O sucesso desse trabalho depende do esforço de todos”, comenta o superintendente, engenheiro agrônomo, especialista na gestão de resíduos.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!