Portal de Indaiatuba

Quinta-feira, 25 de Julho de 2024
Rádio Jornal
Rádio Jornal

Colunas/BUSINESS NEWS RMC

RMC cria 4.229 empregos temporários em março

Modelo de contratação é comum na região, especialmente em setores que apresentam variações sazonais na demanda

RMC cria 4.229 empregos temporários em março
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Levantamento realizado pela Employer Recursos Humanos indica que foram gerados no Brasil, em março, 82.505 contratações de trabalhadores temporários, sendo 4.229 nas 20 cidades que formam a Região Metropolita de Campinas (RMC). Segundo a empresa, esse modelo de contratação é comum na região, especialmente em setores que apresentam variações sazonais na demanda por mão de obra, como turismo, agronegócio e comércio.

“Esses trabalhadores desempenham um papel importante na flexibilização da força de trabalho, permitindo que as empresas atendam às demandas sazonais sem comprometer sua estabilidade financeira a longo prazo”, explica Camila Rodrigues,  gerente da Employer Recursos Humanos,

A executiva destaca, ainda, que a contratação de trabalhadores temporários oferece vantagens tanto para os empregadores quanto para os trabalhadores. “Para as empresas, permite uma maior agilidade na adaptação às flutuações do mercado. Para os trabalhadores, representa uma oportunidade de ganhar experiência, gerar renda adicional e até mesmo abrir portas para futuras oportunidades de emprego em tempo integral”, finaliza

Viracopos recebe novos cargueiros regulares vindo da Europa

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, passou a receber a partir deste mês três novos voos cargueiros regulares semanais da Latam Cargo para o transporte de mercadorias entre a Europa e o Brasil. Com estas novas frequências, agora Viracopos recebe oito voos regulares de cargueiros por semana da Europa operados pela Latam Cargo, sendo três vindos de Amsterdam, dois de Bruxelas e três frequências vindas de Frankfurt. Até então, havia cinco frequências semanais de Frankfurt. 

Os voos da Latam Cargo serão realizados por meio da aeronave Boeing 767-300, sendo as chegadas da Holanda às segundas-feiras, quartas e sábados. Já os voos de Bruxelas chegam às quintas-feiras e aos domingos, enquanto as frequências semanais vindas da Frankfurt acontecem aos sábados, domingos e quartas-feiras.

Estes voos farão conexões na América do Sul, após deixarem Viracopos para regressarem para a Europa. Estão previstas ligações com a Argentina, Colômbia, Paraguai e Equador. Atualmente, Viracopos têm, em média, 150 voos cargueiros internacionais por semana.  

“Estes novos voos regulares procedentes de Bruxelas e Amsterdam ampliam o mapa de rotas do Aeroporto de Viracopos, contribuindo de forma significativa na logística de importações e exportações do país, por concentrarem fluxos relevantes de produtos farmacêuticos, automotivos e tecnológicos.  Com isso, Viracopos reforça sua importante liderança na aviação cargueira dentre os aeroportos brasileiros, e se mantém ativo no mercado em busca de novas rotas internacionais e nacionais”, disse a Diretora Comercial do Aeroporto de Viracopos, Maria Fan.

 O Terminal de Carga (TECA) de Viracopos processa 1/3 de toda a carga que chega ao país pelo modal aéreo. Estrategicamente localizado entre as principais rodovias do país, o aeroporto também está posicionado entre os mais importantes polos industriais, comerciais e tecnológicos do Brasil.

Entre os pilares apresentados pelo time de carga de Viracopos estão a eficiência no recebimento e na liberação da carga; a capacidade operacional de alta performance; e a utilização das melhores práticas em gestão, movimentação e armazenagem de cargas.

Preço para venda de imóveis residências tem alta de 0,80% em abril

Pesquisa divulgada nesta quinta-feira (07) mostra aceleração no preço de venda de imóveis residenciais na cidade de Campinas. O índice FipeZap apontou uma elevação de 0,80% no valor em abril, ante alta de 0,66% em março, acima das taxas do IPCA (0,21%) e do IGP-M (0,31%). A título de comparação, a média nacional no mês passado foi de 0,66%, enquanto que na Capital Paulista o Índice atingiu 0,59% em abril.

No acumulado do ano (janeiro a abril), o Índice FipZap de Campinas teve uma alta de 2,77% (contra média nacional de 2,17%) e de 9,78% no acumulado dos últimos 12 meses (quase o dobro da média nacional de 5,76%).

O levantamento também revela o valor do metro quadrado do imóvel residencial em Campinas: R$ 6.377,00, bem abaixo da média nacional, de R$ 8.902). No ranking nacional, o M2 da sede da Região Metropolitana de Campinas aparece na 28ª posição dentre as 50 capitais e principais municípios do País.

Comentários:
Business News RMC

Publicado por:

Business News RMC

Coluna editada pelo jornalista Marcelo Oliveira sobre economia na Região Metropolitana de Campinas.

Saiba Mais

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!