Portal de Indaiatuba

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
Rádio Jornal
Rádio Jornal

Colunas/BUSINESS NEWS RMC

Empresa francesa compra a campineira Maminfo

O negócio visa o mercado nacional, segundo maior das Américas

Empresa francesa compra a campineira Maminfo
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Especializada em integração de soluções em Tecnologia da Informação (TI), a empresa campineira Maminfo acaba de ter seu controle adquirido pela francesa Evernex, especialista na oferta de serviços TPM (Third Party Maintenance), companhia com receita global de US$ 250 milhões e 1300 funcionários em 165 países.

A empresa campineira registrou no ano passado receita de R$ 50 milhões e conta com um quadro de 230 colaboradores, prestando serviços em todo o país.

Para a Evernex, o negócio visa o mercado nacional, segundo maior das Américas em TPM, atrás somente dos Estados Unidos. Segundo Rennan Serrano, vice-presidente da empresa para a América Latina, a Evernex busca crescer organicamente, mas entende que as aquisições estratégicas representam uma oportunidade importante de crescimento.

Segundo o executivo, as movimentações demonstram o apetite da empresa para crescer no país. Desde sua chegada ao Brasil, a Evernex multiplicou cinco vezes seu tamanho.

Com menos feriado, comércio regional terá redução de 9,5% nas perdas com vendas em 2024

Um estudo feiro pela FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo) e o SindiVarejista de Campinas e Região aponta que os feriados de 2024 deverão ter um impacto negativo de R$ 1,59 bi para o varejo nacional. Apesar da cifra bilionária que deixará de entrar para o caixa, o montante representa uma queda de 9,5% sobre o ano passado, quando o número de feriados em dias de semana foi maior. 

O ranking de redução das perdas é liderado pelas Farmácias e perfumarias (R$ 237,6 milhões para R$ 232,3 milhões (queda de 2,3%); Móveis e decoração: de R$ 48,9 milhões em 2023 para R$ 30,7 milhões em 2024, uma queda de 37,1%;

Vestuário, tecidos e calçados: de R$ 160,5 milhões em 2023 para R$ 131,3 milhões em 2024, uma queda de 18,2%; Supermercados: De R$ 801,1 milhões em 2023 para R$ 763,3 milhões em 2024, uma redução de 4,7%;

Quatro feriados de 2024 vão cair em finais de semana, reduzindo as paradas prolongadas do ano passado

Moradores da RMC elevam em 11,3% os gastos com viagens de turismo e hotéis em 2023

Com maior disposição dos brasileiros para viagens de passeio, o turismo nacional registou um crescimento de 7,8% em 2023, segundo a Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de São Paulo). O cenário não é diferente na Região Metropolitana de Campinas (RMC). No ano passado, os moradores da região gastaram R$ 2.194.257 bilhões com viagens, alimentação, transportes e hotéis, uma alta de 11,3% na comparação com 2022 (R$ 1.970,816). Na cidade de Campinas, a alta chegou a 5,4%.

Os números divulgados nesta semana fazem parte do Índice de Potencial de Consumo, elaborado pelo IPC Maps, com base nos indicadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Quando analisado os dados das 20 cidades da RMC, o Índice de Potencial de Consumo consolidado aponta que o maior valor do total foi feito pela classe B (R$ 1.165.059 milhão (alta de 14,8% sobre o ano anterior). A classe A desembolsou R$ 529.809 milhões (crescimento de 23,7% em relação a 2011). A população da Classe C desembolsou R$ 486.954 (queda de 5,6%), enquanto as classes D/E, juntas, somaram R$ 30.433 milhões (retração de 3,4%)

Em Campinas, o Índice de Potencial de Consumo consolidado somou R$ 847.118 milhões. A classe B foi a que mais gastou em lazer de turismo: R$ 434.463 milhões (alta de 9,1% sobre o ano anterior. A Classe A desembolsou R$ 233.140 milhões, mas o crescimento em relação a 2011 foi superior (13,6%). A população da Classe C gastou R$ 169.515 (queda de 10%), enquanto as classes D/E, juntas, somaram R$ 9.998 (retração de 13,6%)

O aquecimento dos gastos com o turismo na RMC está no radar dos empresários e empreendedores. Eduardo Porto, um dos sócios das agências de turismo Sports Trip (focada para eventos esportivos) e das unidades da Azul Viagens em Valinhos e Mogi Guaçu, conta que o turismo nacional e regional vem aumentando ano a ano. “Este crescimento fez com que investíssemos nesse segmento, abrindo outras em cidades como e Limeira e Jaú”.

CURTAS

Brasil registra 859 mil novas empresas em 2023...

O Brasil registrou a abertura de 859 mil micro e pequenas empresas em 2023, uma alta de 6,62% em relação ao ano anterior. Em média, 2,3 mil novos pequenos negócios foram abertos por dia no ano passado.

Saúde lidera ranking...

O ranking de novas empresas foi liderado por atividades de atenção ambulatorial executadas por médicos e odontólogos (48.782 empresas abertas), Serviços combinados de escritório e apoio administrativo (38.619) e Restaurantes e outros estabelecimentos de serviços de alimentação e bebidas (37.600)

Cresce denúncias sobre irregularidades em saúde e segurança do trabalho

Segundo o Ministério Público do Trabalho da 15ª Região (MPT-15), a região de Campinas registrou um aumento de 73% no número de denúncias sobre irregularidades relacionadas à saúde e segurança do trabalho, entre 2022 e 2023. Dentre os 599 municípios da área da 15ª Região, foram recebidas 3.397 denúncias em 2023 relacionadas a irregularidades relacionadas à saúde e segurança do trabalho, um crescimento de 65% no número de denúncias recebidas em 2022.

Comentários:
Business News RMC

Publicado por:

Business News RMC

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!